Como retornar ao mercado de trabalho no auge da maturidade

Como retornar ao mercado de trabalho no auge da maturidade
Como retornar ao mercado de trabalho no auge da maturidade
Andrea Piacquadio/Pexels

Recomeçar é sempre difícil, ainda mais quando já estamos com uma “certa idade”. E quando falamos em retornar ao mercado de trabalho nos pegamos pensando: “o que eu posso fazer de diferente nessa altura da minha vida?”.

Pois é, são muitas dúvidas e incertezas. Afinal, nada é como há 10, 15 ou 20 anos atrás. No entanto, essas mudanças podem trazer muitas expectativas positivas com relação a entrar no mercado de trabalho no auge da nossa maturidade. Ainda mais, se seguirmos algumas estratégias fundamentais.

Saiba como o profissional mais experiente pode retornar ao mercado de trabalho

Como retornar ao mercado de trabalho no auge da maturidade
Andrea Piacquadio/Pexels

Primeiramente, o profissional precisa estar ciente das mudanças que ocorrem na sociedade e no mercado. Principalmente, depois da pandemia, que mudou drasticamente a forma como a sociedade tem encarado o novo mercado de trabalho.

Atualmente, ela tem buscado alternativas para ser amplamente atendida, independente do momento epidemiológico que estamos passando.

Por isso, uma boa opção para trabalhadores com mais de 40 anos, que estão retornando ao mercado, atender as novas demandas, é buscar mais conhecimento.

“Para retornar ao trabalho depois dos 40, a pessoa precisa estar sempre se atualizando, estudando e buscando outros conhecimentos. Ou seja, estar atenada com o que está acontecendo”

Essa é uma citação feita pelo coach Nelson Vieira que dá algumas dicas para um retorno bem sucedido ao mercado de trabalho.

Como retornar ao mercado de trabalho no auge da maturidade
Nelson Vieira (Coach)

1 Estar sempre atualizado e usar a tecnologia a seu favor

“Precisamos estar ligados 100% a todas as questões relacionadas à vida profissional de uma maneira geral. Não adianta a pessoa achar que fez um curso lá no ano 2000 acreditando que ele valerá hoje. Afinal, o mundo mudou, a realidade mudou. Ou seja, tudo mudou.”

Portanto, é necessário estarmos atentos ao perfil profissional que o mercado está buscando e partirmos rumo às especializações. Além disso, podemos contar com a internet para nos ajudar a encontrar o melhor caminho.

2 Ficar atento às redes sociais

“Antes o que se fazia de forma analógica, como deixar currículos nas empresas, por exemplo, hoje você faz através de sistemas de dados. Ao não ser a nível operacional, aí tudo certo. Agora, se for a nível técnico em diante, o recrutador irá analisar as tuas redes sociais, sobretudo o Linkedin (uma plataforma profissional que é uma vitrine para o Brasil inteiro). Eles tem o hábito de olhar também o Facebook, o Instagram, o Twitter e agora, ultimamente, o TikTok.”

Por esse motivo, devemos aprender a olhar para as redes sociais da forma mais profissional possível. Bem como, estudar de qual maneira poderemos utilizá-las em nosso currículo.

3 Pesquisar por novas colocações, manter contatos e fazer cursos de capacitação

“Pesquisar por novas colocações no mercado; assim como estar em contato com outras pessoas, fortalecendo a rede de network e participando de cursos, ainda que não esteja empregado, são estratégias que oferecem oportunidades de conhecer pessoas que poderão servir de ponte para uma colocação no mercado.”

Com isso, aprendemos que existem meios de retornar ao mercado de trabalho que podem e devem ser explorados. Bem como, aliar nosso conhecimento e experiência aos novos métodos de capacitação.

4 Fazer parte de uma comunidade virtual

“Tem muitas comunidades em plataformas como Whatsapp, Telegram e outras nas redes sociais, onde você poderá ter contato com pessoas que podem te mostrar algum caminho. Se ficar em casa parado, só curtindo as redes sociais, dificilmente você conseguirá alguma coisa. Logo, é importante você se colocar sempre em movimento.”

Em outras palavras, devemos sempre estar conectados através dessas redes, às pessoas que podem nos dar suporte numa colocação no mercado. Assim como, em sites de empresas e pessoas do RH, por exemplo.

Conclusão, o profissional com mais idade carrega uma bagagem de conhecimento que não os deixam completamente fora do mercado.

“Ao contrário, estão mais dentro do que nunca. Sobretudo, porque não são pessoas aventureiras, são mais experientes e também responsáveis. Portanto, tem uma chance maior. Porém, precisam estar constantemente estudando.” Conclui Nelson Vieira.

Então, vai ficar aí parado? Comece hoje mesmo a planejar o seu retorno ao mercado de trabalho.

Abraços e até o próximo artigo.

3 comentários em “Como retornar ao mercado de trabalho no auge da maturidade”

  1. Pingback: Recolocação profissional: veja como se preparar para um novo ciclo

  2. Pingback: Networking para tímidos? Se liga nessas 10 dicas para vencer a timidez

  3. Pingback: Mercado de trabalho: como encarar o novo mercado pós-pandemia?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.