Saúde mental: quando o seu valor excede o ouro olímpico

O mundo tem acompanhado os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e, com certeza, uma das modalidades que mais chama a atenção é a ginástica artística.

Atletas famosas, como a norte americana Simone Biles, conquistaram o mundo com suas apresentações espetaculares. No entanto, o que o mundo não esperava ver, era uma atleta do escalão de Simone Biles, desistir de competir uma final olímpica, quando o sonho de todo atleta é chegar numa final e disputar a medalha de ouro.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Mas, foi exatamente isso que a ginasta Simone Biles fez. Atualmente, ela é considerada a melhor e mais completa atleta da modalidade. Logo, vê-la desistir estando tão perto de ganhar mais de uma medalha de ouro na ginástica artística, realmente surpreendeu o mundo do esporte.

No entanto, o que a maioria das pessoas não entende, que para ser um atleta completo, é necessário estar bem física e psicologicamente. Ou seja, é um trabalho em conjunto. E foi a falta desse conjunto que fez a atleta norte americana desistir. A sua saúde mental não estava bem.

Portanto, Simone Biles foi corajosa em admitir que não estava preparada psicologicamente para competir as finais. Mostrando assim, a importância de cuidar da saúde mental, também.

A saúde mental em vez do ouro olímpico

Como a própria atleta afirmou: “Preciso me concentrar no meu bem-estar, há vida além da ginástica. Infelizmente aconteceu nesse palco. Esses Jogos Olímpicos têm sido muito estressantes? Uma longa semana, um longo ciclo olímpico e um longo ano. Eu acho que estamos todos muito estressados. Nós deveríamos estar nos divertindo e esse não é o caso.

Assim, após uma avaliação médica a ginasta optou por desistir de competir as finais em prol da sua saúde mental.

Agora, para nós que estamos acostumados a vê-la sempre no pódio, fica a nossa torcida pela sua completa recuperação.

2 comentários em “Saúde mental: quando o seu valor excede o ouro olímpico”

    1. Obrigada, amiga! Procurei colocar uma visão onde todos passamos refletir melhor sobre o assunto. E também, olhar nossos atletas além das suas performances. ☺️

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.