Empreendedorismo Feminino: Conheça a história da Niteroiense Paula Tebett

Hoje, comemoramos o Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino. No entanto, apesar de conhecermos várias histórias de mulheres que superaram as expectativas no mercado de trabalho, ainda ouvimos frases do tipo: Mulheres na frente de um negócio?

Ora, e porque não!? Paula Tebett, é um exemplo de garra feminina, que viu nas redes sociais um terreno fértil para empreender.

Paula é especialista em negócios para as redes sociais, consultora de diversas empresas no Brasil e exterior, realizadora de treinamentos de mídias sociais, palestrante, escritora (acaba de publicar seu primeiro livro Conteúdos Autênticos para redes Sociais) e é mãe.

Essa empreendedora niteroiense faz parte e um grupo de mulheres que têm muito o que comemorar neste dia, 19 de novembro, Dia Internacional do Empreendedorismo Feminino. Essa data foi criada pelas Nações Unidas em conjunto com diversas instituições globais para incentivar mulheres que estão à frente de seus próprios negócios.

Paula sempre teve espírito empreendedor e foi eleita pela Revista High Profile, a rainha brasileira das mídias sociais. Ela começou a empreender muito nova e de forma natural.

“Desde pequena eu fazia adesivos colantes e vendia para as amigas na escola. Fazia apresentações e cobrava ingresso. Mas eu me vi empreendedora mesmo em 2012 quando eu criei o maior evento de patinação do Brasil, o Roller Rio, que era uma atividade que eu gostava muito”, explica Paula.

O empreendedorismo na vida de Paula Tebett.

O sucesso do evento foi tanto que mais de 2 mil patinadores nacionais e internacionais vieram participar com direito a patrocínio de grandes marcas e divulgação na televisão. Logo depois do evento, em 2014, Paula pediu demissão de um emprego estável no Governo do Estado do Rio de Janeiro e fez sociedade com duas amigas para gerenciar um Hostel no bairro da Lapa e já no ano seguinte, era sócia da agência Orla Comunicação, também na cidade do Rio de Janeiro.

“Foi nesse momento que eu decidi que faria carreira nas redes sociais. Ainda mais, porque sempre trabalhei com mídias sociais. No entanto, nunca pensei que pudesse ser meu verdadeiro trabalho. Isso porque, não havia nem anúncios nas redes sociais naquela época, por exemplo! Mas me comprometi a fazer disso uma carreira, e a partir daí as coisas realmente mudaram para melhor. Então percebi, que tinha um negócio de verdade nisso! Agora, estou fazendo o que amo e não importa que tenha sido duro no começo. Pois tive que começar do zero para fazer dar certo”, lembra Paula.

Finalmente, a partir de 2016, Paula começaria a sua carreira de sucesso como palestrante – hoje ela dá palestras no mundo todo – e a criação do Projeto Empreendedores do Bem – um Workshop sobre empreendedorismo digital – que reverte toda a renda para instituições carentes da cidade de Niterói.

Empreender nas redes sociais: o caminho para uma carreira de sucesso!

Em 2019, veio a oportunidade de atuar como criadora de conteúdo na maior plataforma de mídia social da América Latina, a Mlabs. Desde então, a mentoria e criação de conteúdo para diferentes empresas, só fez crescer.

Foto divulgação

E não parou por aí, não! Agora, no próximo dia 28, a empreendedora lançará seu primeiro livro: Conteúdos Autênticos em Redes Sociais pela Editora Girafa, no Bistrô Mac em Niterói, com dicas para empresas e pessoas que desejam se destacar com autoridades nas redes sociais.

“Acredito que a mulher empreendedora busca ter a liberdade, em especial quem é mãe. A mulher tem muito enraizado a questão de pensar diferente e fazer do seu jeito. Então você pode empreender e ter mais liberdade de tempo e de criação. Mas, também tem as dificuldades”, pondera Paula.

Para Paula, o mais importante ao empreender no meio digital é poder ajudar muitas pessoas a divulgar o seu trabalho pelo mundo e não apenas ficar focada em si mesma.

“É muito gratificante quando um cliente se mostra feliz e que teve resultados positivos em seu negócio. Muitas vezes ele explica que só teve esse resultado após alguma mentoria realizada por mim. Então, ajudar as pessoas é o meu propósito”, conclui.

1 comentário em “Empreendedorismo Feminino: Conheça a história da Niteroiense Paula Tebett”

  1. Pingback: Paula Tebett participa do Mastering Content Creation

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.