Linkedln: Saiba como utilizar a rede social para a sua carreira profissional

Especialista dá dicas de como aproveitar o Linkedln, a rede social com mais de 722 milhões de usuários

*Paula Tebett

Você sabia que o Linkedln é a maior rede social de trabalho do mundo e um grande canal para se conseguir uma recolocação profissional? Mas você está realmente aproveitando todas as funcionalidades desta plataforma?

Segundo Paula Tebett – especialista em mídias sociais para negócios e com mais de 10 anos de experiência em marketing digital – o LinkedIn é atualmente a melhor plataforma online para divulgar o seu trabalho e se conectar com profissionais de diversas áreas de atuação.

“O Linkedln é uma rede social muito rica, que oferece a probabilidade de engajar conteúdo de forma orgânica, mas muitos profissionais ainda não aproveitaram todas as funcionalidades dessa ferramenta”, explica Paula. Lembrando também, que ao se dedicar à rede, conseguiu um crescimento muito significativo em relação à oportunidades de trabalho e reconhecimento do seu serviço na área de atuação.

O LinkedIn chega a 50 milhões de usuários só no Brasil!

“O aprendizado também é enorme com tudo o que podemos pegar de ideias no meio do caminho. Fui chamada para criar conteúdo para marcas, para dar palestras em grandes eventos, graças à visibilidade que passei a ter por lá”, lembra Paula.

Então, para se conseguir uma recolocação no mercado, não basta apenas enviar currículos pela plataforma, mas sim estar presente aproveitando todas as ferramentas, como cursos, publicações em texto, vídeo, artigos, notícias.

“Engaje sua audiência, ofereça insights, use e abuse da rede. A rede tem muitas opções que vão te fazer um profissional melhor”, alerta a especialista.

“Desde o começo, o LinkedIn ajuda a derrubar barreiras que afastam os profissionais do trabalho dos seus sonhos, seja ele qual for. Do norte ao sul do país, temos pessoas com os mais diferentes objetivos, mas com a certeza de que há um LinkedIn para cada uma delas” – Milton Beck Diretor Geral do LinkedIn da América Latina.

Conheça a seguir algumas dicas da Paula de como explorar o Linkedln, que hoje já ultrapassou a marca de 722 milhões de usuários em 200 países e é a maior rede profissional do mundo:

  • Buscar parcerias para um projeto ou negócio;
  • Criar credibilidade sobre determinado tema relativo à sua carreira;
  • Fazer networking para se conectar com as pessoas certas para trocar experiências sobre conteúdos, ferramentas de trabalho e aprendizados diferentes;
  • Possibilidade de apresentar trabalhos e textos autorais através de várias linguagens e produções em diferentes formatos;
  • Crie relações interpessoais que agregam valor. Além disso, busque propor soluções para quem precisa;
  • Pelo LinkedIn é possível se informar e aprender, mesmo que através de conteúdos sucintos e bem-humorados;
  • Poste textos interessantes com imagens, pois elas ajudam aumentar a interação em quase 40%. Assim, você terá mais engajamento com o leitor;
  • Produza artigos ricos sobre temas que você domine para que eles sejam ranqueados pelo Google. Inclusive esse artigo pode incluir links, imagens, vídeos, todo material rico que irá ajudar a gerar autoridade sobre o tema;
  • Use de 3 a 5 hashtags em seus posts dentro da plataforma;
  • Faça Lives e Stories;
  • Use PDFS para posts em formato carrossel;

“Essas técnicas permitem crescer, gerar autoridade no LinkedIn e, como consequência, gerar oportunidades de trabalhos. Mas, pense nisso como um ciclo natural, tudo faz parte de um processo de mostrar no que você é bom e o que você pretende adquirir como profissional. Portanto, é a base do funcionamento das mídias sociais” ressalta Paula.

Mas qual o melhor tipo de conteúdo para postar no LinkedIn?

Primeiramente, por ser uma rede profissional, podemos ficar com receio de que tipo de conteúdo postar. Por esse motivo, a Paula explica que artigos e conteúdos sobre a trajetória da sua carreira são bem interessantes, por exemplo: o seu aprendizado profissional, quais as dificuldades e barreiras ultrapassadas, certificações e prêmios conquistados.

Entretanto, a especialista alerta que o importante é postarmos. Ou seja, muitas empresas hoje não estão contratando pessoas que não têm o costume de se posicionar. Bem como, em criar conteúdo de qualidade com consistência e frequência nas redes sociais.

“Se você não se posicionar, como você poderá ser visto pelas empresas?”

Paula Tebett
  • A especialista lembra que histórias verdadeiras conectam pessoas e isso vale para:
  • Um tbt do seu primeiro emprego;
  • Artigos dentro do seu nicho;
  • Opiniões sobre temas atuais e outros tipos de conteúdo;
  • Tendências, instruções, temas sobre liderança; dicas;
  • Conquistas alcançadas em seus trabalhos, até mesmo em trabalhos voluntários;
  • Postar às 9h da manhã, por volta de meio-dia e às 15h da tarde.
  • Se você já está no trabalho faça um stories da sua empresa. Mostre o dia a dia, os bastidores. Se você recebeu uma visita, um treinamento importante, um aprendizado, que tal falar na rede, por exemplo?

“O LinkedIn me transformou na profissional que sou hoje e me abriu diversas oportunidades de trabalho. Por isso, já começo afirmando: não subestime a maior rede social profissional do mundo! Ela gera muitos negócios e ótimas relações de trabalho. Logo, há muito mais para se aproveitar na mídia”, conclui Paula Tebett.

*Paula Tebett é Palestrante internacional, Criadora de Conteúdo, Especialista em mídias sociais, Marketing Digital e Repórter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.